Flesh and Bone

Flesh-and-Bone-larroh

Indicada para Melhor Minissérie ou Telefilme no Globo de Ouro 2016.

Ano: 2015
Gênero: Drama
Duração: 58 minutos
1 temporada com 8 episódios

SINOPSE

Claire (Sarah Hay) é uma jovem que, com o passado difícil, se une a uma renomada companhia de balé de Nova York. Explorando o seu universo que, muitas vezes, pode ser tão disfuncional quanto glamuroso, Claire acaba ganhando um destaque maior que o imaginado e está prestes a se tornar a bailarina principal, despertando inveja e luxúria das outras dançarinas. Ao mesmo tempo, ela descobre mais sobre si mesma e sobre seus desejos, sua força e suas fraquezas. (AdoroCinema)

Pela sinopse já sabemos o que podemos esperar da série, certo?

Errado!
Eu também fui ‘enganada’ pela descrição e quando vi o trailer, achei que fosse um seriado apenas um pouco mais realista na visão de um bailarino de verdade, com relação aos berros, exigências, ensaios e aulas exaustivas.

Há dois tipos de filmes/séries de dança: os fofinhos e os dramáticos! E este, meus amigos, está muito mais para Black Swan do que Save The Last Dance.

flesh_and_bone_larroh

Dos mesmos criadores de Breaking Bad (Moira Walley-Beckett e Lawrence Bender), Flesh and Bone, “Carne e Osso” na tradução literal, é uma minissérie que até onde pesquisei, não haverá continuação devido a dificuldade de disponibilidade de agenda do elenco, já que todos eles são realmente bailarinos. E também por acharem que a história não dá muita margem para continuação.

Retrata um universo por vezes incompreendido por quem nunca teve um contato real com a dança. Não o que vemos nos palcos. O que há por trás de tudo isso: o dia-a-dia, a parte em que não se tem platéia. A vida real de cada bailarino quando não se está com uma sapatilha nos pés.

flesh-and-bone

Por se tratar de um seriado de drama, há aspectos realmente exagerados (todos os bailarinos parecem loucos…Hahah), mas acredito que seja para mostrar a complexidade de amar aquilo que também fere, física e emocionalmente. Dizem que a loucura beira a genialidade não é?! rs

Mas a verdade é que trabalhar com qualquer tipo de arte faz com que seus nervos fiquem a flor da pele, seja para uma estréia ou para ver um trabalho pronto. Você é levado ao seu limite ou até além.

flesh_and_bone_photo myles aronowitz

Apesar de não ter tantas cenas de dança como o trailer sugeria, achei “Flesh and Bone” bem interessante. Intrigante, eu diria até. Tem um formato diferente de série e deixa muitas coisas no ar. Contém várias cenas ‘adultas’, portanto não é muito apropriado para menores. Não tenho certeza se agradaria todo tipo de público, mas se você adora ballet, uma trama bem intensa e personagens complexos, acho que não deixará a desejar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s