A volta de “Três é demais”!

 

maxresdefault

Não sei se vocês já foram fãs do seriado americano chamado “Full House”, que teve seu título traduzido para “Três é demais” no português, mas eu adorava, e na época que eu via (cerca de uns 10 anos ou mais) era a SBT que transmitia ele, e já era uma série antiga, que foi ao ar pela primeira vez em 87, e ficou no ar ate 95 lá nos Estados Unidos.

Na semana passada, dia 26, a Netflix relançou a série, agora se chamando “Fuller House” com os mesmos atores, fazendo  uma continuação da história após se passarem 29 anos.

Para quem não se lembra ou conhece essa série, ela mostra o dia-a-dia na casa do personagem Danny Tanner em São Francisco, o qual perdeu sua esposa e que então passa a ter seu cunhado e um amigo morando junto a ele para o ajudarem a cuidar de suas três filhas. Dentre estas, está a caçulinha Michelle, que foi interpretada pelas gêmeas Olsen, quando eram muito pequenas.

A história vai ficando legal porque seu cunhado também se casa, tem filhos, e sua família também acaba morando lá, além de sempre aparecer a vizinha Kimmy, e outras visitas, o que faz ficar bem divertido o clima.

Nessa volta da série, a filha mais velha, D.J., perde o marido, tendo 3 filhos pequenos para criar, e então, todos acabam voltando e ajudando ela a cria-los.

A única das personagens principais que não está presente é Michelle, já que nenhuma das gêmeas Olsen quiseram voltar.

Quem já era fã da série acho que vai gostar da noticia, assim como eu adorei. Apesar do longo tempo que passou, achei que a maioria dos personagens ainda estão muito parecidos com o que eram, o que é bem legal e nostálgico (rs).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s