Inspirando Vidas | Filmes sobre Professores

filmes_professores_larroh

Você pode não se lembrar de todos os professores que teve na vida, mas com certeza existem aqueles que te marcarão para sempre!

Em homenagem a estes mestres que fazem parte da nossa longa jornada, separamos aqui três filmes sobre professores que vão além do conteúdo que se aprende na escola; eles inspiram vidas e com certeza fazem a diferença para cada um de seus alunos.
(Obs: os dois primeiros são baseados em histórias reais)

 

Beyond the Blackboard (Além da sala de aula) – 2011

Sinopse: Uma professora de primeira viagem com 24 anos de idade supera seus medos e preconceitos iniciais em lecionar para crianças de rua em uma sala de aula improvisada em um abrigo, fazendo grande diferença na vida delas. (AdoroCinema)

Take the lead (Vem Dançar) – 2006

Sinopse: Pierre Dulaine (Antonio Banderas) é um dançarino de salão profissional, que se torna voluntário para dar aulas de dança em uma escola pública de Nova York. Pierre tenta apresentar seus métodos clássicos, mas logo enfrenta resistência dos alunos, mais interessados em hip hop. É quando deste confronto nasce um novo estilo de dança, mesclando os dois lados e tendo Pirre como mentor. (AdoroCinema)

Mona Lisa Smile (O Sorriso de Mona Lisa) – 2003

Sinopse: Katharine Watson (Julia Roberts) é uma recém-graduada professora que consegue emprego no conceituado colégio Wellesley, para lecionar aulas de História da Arte. Incomodada com o conservadorismo da sociedade e do próprio colégio em que trabalha, Katharine decide lutar contra estas normas e acaba inspirando suas alunas a enfrentarem os desafios da vida. (AdoroCinema)

Nossa eterna gratidão a todos os professores que dedicam suas vidas a ensinar!
Obrigada professores! ❤

Anúncios

A volta de “Três é demais”!

 

maxresdefault

Não sei se vocês já foram fãs do seriado americano chamado “Full House”, que teve seu título traduzido para “Três é demais” no português, mas eu adorava, e na época que eu via (cerca de uns 10 anos ou mais) era a SBT que transmitia ele, e já era uma série antiga, que foi ao ar pela primeira vez em 87, e ficou no ar ate 95 lá nos Estados Unidos.

Na semana passada, dia 26, a Netflix relançou a série, agora se chamando “Fuller House” com os mesmos atores, fazendo  uma continuação da história após se passarem 29 anos.

Para quem não se lembra ou conhece essa série, ela mostra o dia-a-dia na casa do personagem Danny Tanner em São Francisco, o qual perdeu sua esposa e que então passa a ter seu cunhado e um amigo morando junto a ele para o ajudarem a cuidar de suas três filhas. Dentre estas, está a caçulinha Michelle, que foi interpretada pelas gêmeas Olsen, quando eram muito pequenas.

A história vai ficando legal porque seu cunhado também se casa, tem filhos, e sua família também acaba morando lá, além de sempre aparecer a vizinha Kimmy, e outras visitas, o que faz ficar bem divertido o clima.

Nessa volta da série, a filha mais velha, D.J., perde o marido, tendo 3 filhos pequenos para criar, e então, todos acabam voltando e ajudando ela a cria-los.

A única das personagens principais que não está presente é Michelle, já que nenhuma das gêmeas Olsen quiseram voltar.

Quem já era fã da série acho que vai gostar da noticia, assim como eu adorei. Apesar do longo tempo que passou, achei que a maioria dos personagens ainda estão muito parecidos com o que eram, o que é bem legal e nostálgico (rs).

Exercite-se em qualquer lugar

exercite-se em qualquer lugar_Larroh

Ser “fitness” nunca esteve tão em alta como hoje. Está cada vez mais difícil inventar uma desculpa para não se exercitar, já que não se trata apenas de uma questão de aparência ou estética, e sim de saúde, que sempre será mais importante.

Antes, existiam aquelas fitas cassete (bem americano isso…haha) de aulas de ginástica que vendiam em bancas para aqueles que não queriam, não gostavam ou não tinham tempo de frequentar academias.
Hoje, nesta mesma linha de pensamento, podemos encontrar opções de jogos de dança no Xbox e alguns vídeos no YouTube!

-> Vale lembrar que é sempre bom ter acompanhamento de um profissional, principalmente se existem dificuldades. É bom que cada um conheça os próprios limites e não se machuque.

Mas para o sedentarismo não reinar totalmente na sua vida e dar aquela animada, separei alguns vídeos interessantes que podem ser feitos em qualquer espacinho da sua casa ou outro lugar que esteja.

EXERCÍCIOS DE 7 MINUTOS
No vídeo, tem até um cronômetro para mostrar o tempo que deve ser feito cada exercício. Com pausas para descanso. O melhor é que são super rápidos! Dá pra fazer a qualquer hora do dia.

 

CORPO DE 21
Programa de emagrecimento de 6 semanas, sendo 21 minutos por dia, de Olívia Andriolo. É pago, mas existem alguns vídeos que podem ser encontrados no canal deles. Lá ela explica direitinho, como se fosse uma aula mesmo.

YOGA
E para aqueles que prefiram exercícios de menos impacto e que visem a flexibilidade, concentração e relaxamento, há aulas de yoga também.

Espero que tenham gostado!
E vocês? Preferem se exercitar sozinhas ou ir a academia?

 

Flesh and Bone

Flesh-and-Bone-larroh

Indicada para Melhor Minissérie ou Telefilme no Globo de Ouro 2016.

Ano: 2015
Gênero: Drama
Duração: 58 minutos
1 temporada com 8 episódios

SINOPSE

Claire (Sarah Hay) é uma jovem que, com o passado difícil, se une a uma renomada companhia de balé de Nova York. Explorando o seu universo que, muitas vezes, pode ser tão disfuncional quanto glamuroso, Claire acaba ganhando um destaque maior que o imaginado e está prestes a se tornar a bailarina principal, despertando inveja e luxúria das outras dançarinas. Ao mesmo tempo, ela descobre mais sobre si mesma e sobre seus desejos, sua força e suas fraquezas. (AdoroCinema)

Pela sinopse já sabemos o que podemos esperar da série, certo?

Errado!
Eu também fui ‘enganada’ pela descrição e quando vi o trailer, achei que fosse um seriado apenas um pouco mais realista na visão de um bailarino de verdade, com relação aos berros, exigências, ensaios e aulas exaustivas.

Há dois tipos de filmes/séries de dança: os fofinhos e os dramáticos! E este, meus amigos, está muito mais para Black Swan do que Save The Last Dance.

flesh_and_bone_larroh

Dos mesmos criadores de Breaking Bad (Moira Walley-Beckett e Lawrence Bender), Flesh and Bone, “Carne e Osso” na tradução literal, é uma minissérie que até onde pesquisei, não haverá continuação devido a dificuldade de disponibilidade de agenda do elenco, já que todos eles são realmente bailarinos. E também por acharem que a história não dá muita margem para continuação.

Retrata um universo por vezes incompreendido por quem nunca teve um contato real com a dança. Não o que vemos nos palcos. O que há por trás de tudo isso: o dia-a-dia, a parte em que não se tem platéia. A vida real de cada bailarino quando não se está com uma sapatilha nos pés.

flesh-and-bone

Por se tratar de um seriado de drama, há aspectos realmente exagerados (todos os bailarinos parecem loucos…Hahah), mas acredito que seja para mostrar a complexidade de amar aquilo que também fere, física e emocionalmente. Dizem que a loucura beira a genialidade não é?! rs

Mas a verdade é que trabalhar com qualquer tipo de arte faz com que seus nervos fiquem a flor da pele, seja para uma estréia ou para ver um trabalho pronto. Você é levado ao seu limite ou até além.

flesh_and_bone_photo myles aronowitz

Apesar de não ter tantas cenas de dança como o trailer sugeria, achei “Flesh and Bone” bem interessante. Intrigante, eu diria até. Tem um formato diferente de série e deixa muitas coisas no ar. Contém várias cenas ‘adultas’, portanto não é muito apropriado para menores. Não tenho certeza se agradaria todo tipo de público, mas se você adora ballet, uma trama bem intensa e personagens complexos, acho que não deixará a desejar.

Estude sem sair de casa

cursos sem sair de casa_larroh
Quem nunca pensou em estudar em casa por comodidade ou falta de tempo?
Já existem muitas faculdades e cursos a distância, mas e quando a grana tá curta? Aí complica né…

Pensando nisso, hoje vou indicar pra vocês plataformas com os mais variados tipos de cursos GRÁTIS, e alguns que possuem até CERTIFICADO! Não é bacana?!
Vamos aproveitar e fazer com que as férias sejam produtivas! Ou você que já está no mercado de trabalho e está a procura de qualificação, esta é uma chance de expandir conhecimentos e ter aquele diferencial. 😉

Apesar de oferecerem todos os cursos de forma gratuita, o pedido do Certificado é opcional, possuindo apenas uma pequena taxa para custeio de emissão e envio do mesmo. Após o cadastro, o acesso aos materiais é ilimitado. Podemos encontrar cursos em diversas áreas como Administração, Agricultura, Artes, Ciências e Tecnologia, Direito, Estética, Meio Ambiente, Saúde e muitas outras.

Indicado para webdesigners e blogueiros, esta plataforma possui cursos gratuitos e pagos. Dentre os gratuitos podemos encontrar: Curso de Marketing de Conteúdo Essencial, Como Começar Uma Carreira Web Design, Curso Completo de WordPress! Para acessar é preciso cadastrar login e senha, finalizar a compra (no caso R$ 0,00) e estará pronto para uso! Também possui Certificado.

Primeira instituição brasileira a ser membro do OpenCourseWare Consortium, a Fundação Getúlio Vargas oferece pela internet materiais didáticos nas áreas de Finanças Pessoais, Sustentabilidade e Empreendedorismo, sem gerar qualquer custo.

Com a iniciativa do movimento mundial Open Learning, na área médica podemos encontrar no site de um dos melhores hospitais do país conteúdos filtrados por público e duração de curso de 15 minutos a 1 hora. Para Assistentes Sociais, Biomédicos, Enfermeiros, Farmacêuticos, Fisioterapeutas, Nutricionistas, Piscólogos, etc.

E temos também o Senai, famoso por seus cursos profissionalizantes desenvolvidos especialmente para o mercado de trabalho. Oferece cursos gratuitos a distância com temas sobre Educação Ambiental, Legislação Trabalhista, TI e Comunicação.

 

Bora tirar um tempinho da folga para estudar?

Conhecimento nunca é demais!

BeijosBeijos

Conheça a Acroyoga

Sumida eu?! Imagina… eu estava só… praticando-meditando-pensando-dormindoZzZz! (HAHAHA)
Praticando algo que faço há quase um ano e eu gostaria de compartilhar com vocês: a Acroyoga!
Mas eu aviso desde já! É um caminho sem volta
Não. Você não vai quebrar o pescoço (mesmo que aparente…rs)! Mas vai perceber o quanto é gratificante ter o controle do próprio corpo e vai apaixonar-se perdidamente por esta prática que envolve basicamente pessoas e… coragem! rs

acro1
Assim como o próprio nome diz, Acroyoga é uma prática que combina posturas de yoga e acrobacias. Exige força, equilíbrio, flexibilidade, concentração e confiança (em si e nos outros, pois é desenvolvida em grupo; duplas, trios, etc…) e proporciona uma deliciosa sensação de transcender seus próprios limites.
Você começa com as posições mais simples para aprender como funciona e perder o medo (de se esborrachar..kkk), e com o tempo vai aperfeiçoando até chegar nas posturas mais rebuscadas.

acro2
A Base: seu elemento é a terra, é dela que vem sua força e energia.
O voador: seu elemento é o ar, unindo flexibilidade e equilíbrio, em uma luta intensa contra a gravidade.

Ao contrário da musculação que os exercícios são dinâmicos, na acroyoga eles são estáticos, pois mantém uma posição fixa por um determinado momento. O que faz tanto a base quanto o voador desenvolver força (haja abdômen Oo’) e equilíbrio.


acro3

Sua prática traz benefícios para a saúde física e mental como:

  • Interatividade;
  • Sociabilização;
  • Comunicação;
  • Percepção;
  • Controle Espacial;
  • Auto-controle;
  • Concentração;
  • Descontração;
  • Relaxamento;
  • Superação das limitações psicológicas e cognitivas. (AcroYoga)

acro5

“Quem sabe concentrar-se numa coisa e insistir nela como único objetivo, obtém, ao cabo, a capacidade de fazer qualquer coisa.”

acro4
E bom, para mim a acroyoga significa sempre um desafio!
Desafios físicos sim, pois cada um tem suas condições. Mas não é algo que faz bem somente para o corpo, faz BEM para a alma!

E aí? Ficaram com vontade de tentar?! 🙂

Então acompanhe nossas travessuras posturas no meu Instagram e compartilhe conosco suas experiências! 😉

 Curta a nossa página no Facebook! 🙂

A Vida é Bela

Era para eu ter feito essa homenagem ontem, já que foi dia dos Pais, mas como dia de pai e mãe é todo dia, então ainda está valendo! rs

“A Vida é Bela” (La vita è bella) é um dos filmes mais lindos que já assisti! Mostra exatamente o amor incondicional dos pais com os filhos, que são capazes de transformar uma realidade cruel em um mundo muito mais bonito!

SINOPSE

Na Itália, durante a Segunda Guerra Mundial, Guido,um judeu, é mandado para um campo de concentração, juntamente com seu filho, o pequeno Giosuè. Guido é um homem simples, inteligente, espirituoso e possui um grande humor. Por ser um pai amoroso, consegue fazer com que seu filho acredite que ambos estão participando de um jogo, sem que o menino perceba o horror no qual estão inseridos.